Nutrição e Consciência: meditação na compulsão alimentar

31/01/2015 16:18

Dr. Marcelo Csermak

Nutrição e Consciência – Uma abordagem da mente sobre o corpo: como técnicas meditativas podem ajudar no controle da compulsão alimentar

Este artigo tem por objetivo mostrar uma nova abordagem em relação ao controle das compulsões alimentares, mostrando evidências de que técnicas meditativas podem ser usadas com eficácia no gerenciamento dos estados comportamentais ligados à compulsão alimentar. Pesquisas mostram que a regulação emocional bem como a tomada de consciência frente aos comportamentos compulsivos, podem ser um importante coadjuvante neste tratamento. 

As técnicas de Mindfulness envolvem um estado de atenção consciente  e sustentada olhando para os diálogos internos e para as sensações corporais e seus desejos alimentares em geral descontrolados. Ao promover a consciência destes estados emocionais que se desequilibram e os sinais fisiológicos gerados por isto, a meditação do tipo mindfulness (plena atenção) pode aumentar a capacidade de reconhecer e responder aos estímulos normais de saciedade.

Na tomada de consciência interna é possível facilitar a avaliação de como operamos compulsivamente e reagimos de forma inconsciente ao processo, sendo assim, com este novo treinamento dado ao paciente, ele seria capaz de reprogramar a mente para que as reações compulsivas contínuas não mais acontecessem, gerando um outro padrão de atitudes mais sábias e corretas dentro do processo de cuidado alimentar.  

Esta poderia ser uma característica particularmente notável na mudança de padrões condicionados na alimentação, sendo possível também , com as técnicas de meditação um controle mais efetivo sobre a saciedade e a gula, ocasionando indiretamente um relativo sucesso na redução de peso. Estas técnicas atuam eficazmente também e principalmente em estados de stress e ansiedade, típicos comórbidos coadjuvantes da compulsão alimentar.

Estas técnicas vendo sendo usadas nos Estados Unidos desde de 2008, e seus estudos são recentes e inovadores.